Home / Saúde da Mulher / Como se prevenir contra o HIV?

Como se prevenir contra o HIV?

HIV. Fonte foto: Fotolia.
HIV. Fonte foto: Fotolia.

Olá meninas, tudo bem?

Esses dias eu li uma notícia que me deixou no mínimo chocada, a de que o ator americano Charlie Sheen seria portador do vírus HIV já há alguns anos e que não contara às mulheres com quem teve relação sexual no período.

Se essa informação é verdadeira ou não, não temos como saber. O caso com certeza será avaliado pelos advogados dos envolvidos. Mas essa notícia me levantou um alerta e deveria fazer o mesmo com todo mundo. É fato sim que muitas pessoas hoje em dia se expõem a esse vírus, não por falta de informação, mas por ainda acreditarem que “isso nunca vai acontecer comigo”.

Meninas, JAMAIS pensem assim. O HIV e outras DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis) podem sim acontecer com qualquer mulher, com qualquer homem, com qualquer pessoa. Basta uma única exposição para se contrair a doença. E não é porque o seu parceiro tem uma aparência linda e saudável que ele não possa ter a doença. Temos que nos prevenir SEMPRE.

Vejo, infelizmente, que muitas mulheres ainda aceitam se relacionar  com homens sem o uso de preservativo por motivos como “ele não gosta de usar”, ou então “não tínhamos na hora”, e com isso se expõem a inúmeras doenças. Quem tem que cuidar da sua própria saúde é você mesma! Não aceite que outras pessoas a ameacem dessa maneira.

Então, vamos reforçar aqui algumas dicas básicas para você se prevenir do HIV e de outras DSTs também:

  • Sempre use preservativo em todas as suas relações sexuais, em especial com parceiros eventuais ou que conheçam a pouco tempo;
  • Caso o parceiro torne-se fixo, antes de abandonar o uso do preservativo, realizem ambos exames específicos para HIV/ DSTs com médicos especialistas. Aqui vale a pena uma informação importante. Existe um período chamado de Janela Imunológica quando o vírus pode ter sido contraído e o exame ainda não acusar. Esse período tem que ser respeitado ao avaliar os resultados dos exames.
  • Se você ou seu parceiro apresentarem lesões nas regiões genitais, evitem o contato.
  • Se você tem relações com parceiro sabidamente portador do HIV e se expôs ao vírus, por exemplo se a camisinha furou ou vocês deixaram de usá-la, procure rapidamente assistência médica pois você pode receber medicação profilática em até 72 horas e com isso diminuir o risco de contaminação.
  • O mesmo do item acima se aplica para mulheres que sofreram violência sexual.
  • Por fim, um conselho pessoal. Se o seu parceiro se recusar a usar camisinha e se negar a fazer os exames de triagem, “Caia Fora”. Sim, avalie bem se esse relacionamento vale a pena, pois literalmente ele não está respeitando-a como deveria!

Hoje em dia temos sim muitas opções de tratamento para a AIDS (que é a manifestação clínica do vírus HIV), que tornam a qualidade de vida do portador bem melhor e aumentam muito sua expectativa de vida. Mas a doença ainda não tem cura, e pode trazer consequências físicas e psicológicas gravíssimas. Então, a melhor atitude que podemos ter é a de PREVENIR este mal.

Beijokas, Denise.

 

Veja também

Tenho Corrimento a Vida Inteira!

Se você está achando engraçado o título deste post, saiba que essa é uma frase ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *