Home / Saúde da Mulher / Quem vê cara, não vê DST!!!

Quem vê cara, não vê DST!!!

Olá meninas, tudo bem?

O título do post de hoje está bem maluquinho e irreverente, fazendo uma alusão ao ditado “Quem vê cara, não vê coração”, mas para tratar de um assunto beeem sério: as DSTs, Doenças Sexualmente Transmissíveis. Mas especificamente, a falta de “respeito” à elas.

Digo falta de respeito no sentido de que muita gente ainda joga no time do: “Besteira, comigo isso nunca vai acontecer”. E no entanto, o que vemos é justamente ao contrário. Muitas são as DSTs, e elas podem acometer qualquer pessoa que não se cuide. Não importa idade, não importa status social, não importa beleza. Ela pode acontecer com todos nós.

Evite DST.
Evite DST.

Entende-se Doença Sexualmente Transmissível aquela em que a pessoa se contamina preferencialmente ou exclusivamente durante o ato sexual. Existe uma variedade enorme de patologias nesse grupo, desde doenças que provocam leves desconfortos, até aquelas que podem matar.

Dentre as DSTs mais frequentes e conhecidas posso citar :

  • HPV;
  • Corrimentos (diversas etiologias);
  • HIV / AIDS;
  • Hepatites B e C;
  • Sífilis;
  • Herpes Genital.

Os sintomas e tratamentos variam de acordo com cada doença, sendo que algumas delas não provocam sintoma inicial algum, sendo descobertas apenas em exames de rotina, ou já em estágios avançados da doença.

Bom, mas eu acredito que essas informações que acabei de passar não sejam novidade para a maioria das mulheres. Então eu me pergunto: “Porque tantas ignoram o assunto?”.

Infelizmente eu vejo diariamente na minha prática médica que muitas mulheres não se cuidam como deveriam contra essas doenças, com pensamentos do tipo: “Fiz uma vez só, não tem problema”, ou então: “Ah, mas eu já o conhecia faz tempo, ele nunca pareceu ter doença alguma”; ou ainda: “Mas ele parecia tão bonito e saudável, e me disse que não tinha problema algum”.

Meninas, acordem!!! Não caiam nessa. A DST pode estar em qualquer parceiro, e ele podem nem saber que tem o problema. Lembrem-se de que o homem pode transmitir a doença sem nunca manifestar os sintomas da mesma. E muitas vezes as consequências são piores nas mulheres.

E você pode pegar uma DST na primeira, na segunda, na terceira vez. Pouco importa. Então, vamos nos cuidar SEMPRE.

DST - Preservativo.
DST – Preservativo.

Hoje em dia, esse papo de que só homem tem que ter camisinha está completamente atrasado. Quer se cuidar, compre você mesma uma caixa de preservativos e ande com ela na bolsa. Quando você precisar, estará a mão.

Está em um relacionamento mais sério e pensa em deixar de usar o preservativo? Não faça isso sem que os DOIS tenham passado em consulta médica e feito todos os exames para as DSTs.

Ainda assim está receosa? Mantenha a sua rotina ginecológica em dia. Nas consultas anuais, além de verificar possíveis problemas, você pode entender mais sobre o assunto com seu médico.

E não deixe de tomar as vacinas que temos disponíveis hoje em dia, principalmente para HPV e Hepatite B.

Bom, espero que esse alerta sirva para evitar que momentos deliciosos se tornem momentos de arrependimento.

Beijokas, Denise.

Veja também

Tenho Corrimento a Vida Inteira!

Se você está achando engraçado o título deste post, saiba que essa é uma frase ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *