Home / Família / 1º Mês do Gustavo: a Vida com 2 Bebês.

1º Mês do Gustavo: a Vida com 2 Bebês.

Olá Meninas, tudo bem?

Hoje meu pequeno está completando 1 mês de vida!!! Nossa, como passa rápido! Lembrar que há 30 dias estávamos no hospital… Na verdade tenho uma confusão de sentimentos, pois ao mesmo tempo que sinto o tempo voando, tenho a sensação de que Gustavo sempre esteve presente na minha vida! Tinha essa mesma sensação quando Helena nasceu… coisa maluca… acho que só as Mamães vão me entender.

Bom, e nesse clima de Parabéns para o Mesversário do príncipe, resolvi vir aqui contar para vocês um pouco sobre minha rotina com 2 bebês em casa. Ou deveria dizer, minha NÃO rotina!

Gustavo - 1 mês.
Gustavo – 1 mês.

Desde que engravidei pela segunda vez vejo olhares espantados das pessoas com uma certa recriminação do tipo: “Nossa, mas você engravidou tão rápido! É maluca!”. Sim, engravidei no sétimo mês de vida da Helena. Mas isso foi uma opção minha e do meu marido, de termos os 2 filhos próximos. E acho sim que serão anos difíceis no início, mas considerando o nosso estilo de vida e os nossos objetivos futuros, creio que foi uma decisão adequada.

Mas, confesso que no primeiro dia em casa após a alta da maternidade (era bem no dia das Mães), após dar banho nos 2, coloca-los para dormir, eu parei no meio do corredor que dá para os quartos e pensei, com um certo temor: “Meu Deus, são 2 bebês… será que darei conta!”. Ainda espero pela resposta! Rsrsrs.

Gustavo é uma criança tranquila. Não tão tranquilo como Helena foi, mas na maior parte do tempo é um “come e dorme”. Sinto que ele tem maior necessidade de mamar que a irmã tinha, mas acredito que isso deva ser por ele ser homem. Nasceu maior e está crescendo bem, acho que tem maior demanda de leite, naturalmente. E, por ter essa demanda maior, não tem muita paciência para esperar… se demorar um pouco tem um choro bravo e urgente.

A experiência de já ter tido um bebê me trouxe maior segurança e tranquilidade para cuidar dele, com coisas simples como dar o banho, limpar o umbigo, colocar para arrotar. Me sinto menos insegura nos cuidados diários com ele, o que é bastante positivo. Onde mais sinto essa positividade é na hora do meu sono. Quando Helena nasceu tinha receio de não ouvi-la chorar se dormisse, então acho que demorei mais a me permitir descansar. Agora não, sei que por instinto ou por ter um sono leve e um ouvido aguçado, vou ouvir quando ele precisar de mim. Isso faz muita diferença.

Mas as horas de sono estão beeem limitadas… Como todo bebê recém nato, Gustavo acorda em média a cada 3 horas para mamar. Helena por sua vez está acostumada a dormir e acordar cedo, então raramente ela passa das 06:00hs da manhã! Eu até acho bom que ela acorde quando ele está dormindo, pois assim posso dedicar um tempo exclusivo à ela. Porém, acabo dormindo bem pouco no total.

Tive a sorte de ter o meu marido em casa até o 27º dia de vida do pequeno, o que foi maravilhoso! Me ajudou muito, principalmente com compromissos externos, como banco e supermercado. Agora ele já voltou a trabalhar e isso significa que noite sim e noite não fico sozinha com os 2! Aí tenho literalmente que me dividir! (Quando eu era pequena tinha um livro que a mãe parecia uma centopeia! Estou me sentindo assim, Kkkkk).

Então, os meus dias são didividos com os cuidados com os 2. Gustavo mamando e dormindo a cada 3 horas. Helena seguindo no seu ritmo – escola, natação, brincadeiras, papinhas – realizando descobertas incríveis a cada dia como uma boa menina de 1 ano e quatro meses! E a Mamãe aqui, apesar de cansada, plenamente feliz e realizada com seus dois presentinhos de Deus!

Ah, para quem se preocupa de ter o segundo filho e não amá-los igualmente, aqui vai um conselho: fique tranquila, o amor só aumenta! Pelos 2, ou 3, ou 4 ou quantos filhos você tiver a graça de ter!

Bolo 1 Mês.
Bolo 1 Mês.

Parabéns Gustavo! Te amo eternamente!

Beijokas, Denise.

 

 

Veja também

Especial de Dia das Mães: Mães Especiais.

Olá meninas, tudo bem? Hoje senti uma alegria e uma emoção tão grandes ao ver ...

2 Comentários

  1. Olá!
    Estou grávida e quero engravidar novamente pela segunda vez quando meu bb estiver com 6 meses. No entanto, tenho algumas duvidas.
    Gostaria de saber se há riscos para mulher em engravidar pouco tempo após o parto, levando em consideração a estrutura do corpo em retomar ao que era antes tanto em questão à saúde e estética. E as dúvidas em relação a segunda gravidez, quero saber como vc fez para preparar o corpo para a segunda gravidez estando amamentando o bb, ou melhor, como fez para adaptar as vitaminas de ácido fólico, etc.
    Pois, nessa minha primeira gravidez, preparei o corpo com as vitaminas.
    Ah, em relação as pessoas que questionaram o motivo de ter engravidado próximo, não ter tempo para ambos os bbs, quais foram suas respostas?
    Obrigada.

    • Boa noite Liana,
      Os riscos de engravidar poucos meses após o parto dependem de cada caso. Se você teve uma gestação sem complicações, parto normal a termo, sem intercorrências e não tem nenhuma patologia crônica, acredito que você pode ter a segunda gestação tranquilamente. Agora, caso tenha apresentado alguma complicação, vale a pena ver essa questão com mais cuidado.
      Quanto a amamentação, não aconselho amamentar estando grávida, então avalie bem essa situação. Eu só comecei a tentar engravidar depois que minha filha se adaptou bem à introdução alimentar e tinha uma opção de subistituto ao leite materno. Acabei desmamando quando ela fez 8 meses e eu estava no início da gestação.
      Quanto ao corpo, já havia recuperado meu peso habitual com alimentação regular e atividade física. Estava em uso de polivitamínico gestacional que também tem ácido fólico e pode ser usado enquanto amamentamos.
      Quanto aos questionamentos das pessoas, sempre disse que essa foi uma decisão pessoal entre meu marido e eu, pois gostaríamos que os filhos crescessem juntos e para “aproveitar o embalo”! Rsrsrs.
      Beijokas, Denise.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *