Home / Destaques / Amamentação x Dengue

Amamentação x Dengue

Oi meninas, tudo bem?

Bom, o post de hoje é sobre um tema muito atual que, acredito eu, deve preocupar algumas mamães novinhas: o que acontece se pegar dengue durante a fase de amamentação?

amamentResolvi escrever sobre isso por um motivo bem simples: eu tive dengue bem na semana que a Helena fez 2 meses de vida! E tenho que falar que foi uma semana MUITO difícil! Mas, do jeito que estamos enfrentando uma epidemia maluca dessa infecção, difícil é ficar livre dela.

Então, para as mamães que querem se prevenir ou que estão passando por isso, seguem umas dicas:

– Primeiramente: quem tem dengue NÃO precisa parar de amamentar! Na verdade, pouquíssimas doenças impedem o aleitamento. O bebê não vai contrair a doença ao tomar o leite materno, pois a dengue é transmitida exclusivamente pela picada do inseto transmissor. Então, fiquem tranquilas e não tirem os pequenos da alimentação materna.

– No entanto, fica mais difícil amamentar pois um dos sintomas muito comuns da dengue é a desidratação. E a maior parte do leite materno depende justamente da água do nosso corpo. Digo por experiência própria, senti que nos dias da doença a minha produção de leite diminuiu bastante. Mas com perseverança e tentando beber o maior volume de água que conseguir, é possível nutrir os pequenos mesmo nos dias de convalescência.

– Os sintomas da dengue podem e devem ser tratados, seguindo o mesmo esquema de tratamento de qualquer pessoa: antitérmicos para febre, analgésico para dores de cabeça e corpo, antialérgicos para o coceira, hidratação para a desidratação. Os remédios prescritos pelo médico em sua maioria não afetam os bebês. Mas é sempre importante avisar ao médico que lhe atender de sua condição de lactante. Ficar doente é mais prejudicial ao filho do que se medicar apropriadamente.

– A prostração e o cansaço que a doença traz para o nosso corpo se somam aos mesmos provocados pelas noites mal dormidas com os cuidados com os bebês, e realmente fica difícil de aguentar. Portanto descansem o máximo possível. Deixe os afazeres secundários de lado e durmam sempre que possível. Lembre-se que o repouso é fundamental para a rápida recuperação. E em poucos dias tudo vai melhorar…

– Por fim, vale a pena falar da alimentação. A dengue comumente gera falta de apetite, mas é importantíssimo tentar se alimentar o melhor possível, pois organismo fraco tem maior dificuldade de combater a doença, além de prejudicar a produção do leite.

Bom, espero que essas dicas ajudem as mamães que infelizmente passarem por esse “perrengue” de pegar dengue e ainda ter uma cria para alimentar. Gostaria só de lembrar a todas que ao início dos sintomas devemos procurar atendimento médico para confirmação diagnóstica, orientação de tratamento e acompanhamento, e que em casos de sangramento devemos procurar atendimento emergencial.

E não se esqueçam de eliminar todos os possíveis criadouros de mosquitos de suas casas!!!

Beijokas, Denise

Veja também

Cuidado com as Mamas.

Novo vídeo: 4 Produtos para Cuidar das Mamas durante a Amamentação.

Olá meninas, tudo bem? Duas semanas atrás eu vim falar aqui com vocês sobre Sutiã ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *