Home / Saúde da Mulher / Dúvidas de Consultório: Porque tenho Dor nas Mamas?

Dúvidas de Consultório: Porque tenho Dor nas Mamas?

Olá meninas, tudo bem?

Um dos motivos que mais levam as mulheres a procurar consulta médica ginecológica é Dor nas Mamas. Hoje em dia tanto se fala em Câncer de Mamas, e casos novos aparecem todos os dias, inclusive em mulheres jovens, que ao sentir uma Dorzinha nas Mamas diferente do habitual, a maioria das mulheres fica preocupada e corre para o médico.

Fonte Foto: Fotolia. Mastalgia.
Fonte Foto: Fotolia. Mastalgia.

Acho esse zelo com a saúde valioso, em especial pois faz com que a mulher se cuide melhor. Mas, para alívio da grande maioria, quase nunca a suspeita é de uma Doença Maligna, pois o Câncer geralmente NÃO provoca dor.

A Dor nas Mamas, chamada de Mastalgia, é um sintoma muito comum das mulheres apresentarem, e pode estar relacionada a causas diversas. Na grande maioria das vezes a dor é cíclica, ou seja, aparece de modo regulares em ciclos próximos ao período da Menstruação. Nesses casos a dor geralmente é bilateral (em ambas as mamas), como uma sensação de peso, durante os períodos de pré menstruação e menstruação, com melhora após o fim do sangramento. Ela é bastante comum nas mulheres jovens, podendo ser também notada dos extremos das fases reprodutivas da mulher, ou seja, na adolescência e próximo a menopausa. O motivo da dor é a resposta das glândulas mamárias às flutuações hormonais da fase.

Dor semelhante porém mais prolongada e por vezes mais intensa é muito comum nas mulheres durante a gestação, em especial no início dela, também por questões hormonais. Também vemos aparecimento de dor ou agravamento dela em mulheres passando por situações de estresse e ansiedade, de causa emocional mesmo.

A Dor pode também ter outras características. Pode ser unilateral (em uma das mamas), como sensação de queimação ou agulhadas, sem relação com o período menstrual (acíclica) e em qualquer fase da vida, até mesmo na menopausa. Nesses casos, podemos também ter diversas causas, como um trauma, uma inflamação, presença de lesões benignas como cistos ou nódulos, ou ainda situações emocionais. Ela pode ainda dever-se a lesões na musculatura ou nos ossos e ser por irradiação desses órgãos.

Por fim, a Dor na mama pode estar ligada a um processo infeccioso, chamado de Mastite, mais comum em mulheres que amamentam. Nesses casos geralmente vemos, além da dor, presença de vermelhidão na pele, endurecimento, saída de puz e febre.

Já o Câncer, grande preocupação de todas nós, pode sim provocar Dor, mas normalmente esse não é um sintoma comum da doença. Como eu digo sempre, se formos esperar a mama doer para investigar o risco do câncer, podemos morrer da doença antes da dor surgir. Se você quer se prevenir contra o Câncer de Mama e suas consequências mais graves, faça consulta ginecológica e exames anualmente, independente de ter algum sintoma ou não.

Para você que vem sentindo Dor nas Mamas a orientação é marcar uma consulta com um Ginecologista ou um Mastologista para uma avaliação criteriosa dos sintomas, exame clínico nas Mamas e, caso seja necessário, realizar exames subsidiários como a Ultrassonografia das Mamas ou a Mamografia. O tratamento, se indicado, vai depender muito da causa do problema.

Beijokas, Denise.

Veja também

Tenho Corrimento a Vida Inteira!

Se você está achando engraçado o título deste post, saiba que essa é uma frase ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *