Home / Lactante / Prevenindo as fissuras mamárias.

Prevenindo as fissuras mamárias.

Olá meninas, tudo bem?

Vamos continuar com o tema de Aleitamento e Cuidados com as Mamas para esse processo. Hoje o foco serão as temidas Fissuras Mamárias.

As fissuras mamárias são uns cortes pequenos que podem ser provocados nas aréolas mamárias, podendo ser bem superficiais, ou mais profundos, inclusive com sangramento local. Elas assustam praticamente todas as gestantes e as mamães novinhas, mas há meios de preveni-las ou de ameniza-las.

fissurasmamariasPrimeiramente, é importante saber que a maior causadora das fissuras é a pega incorreta na amamentação. Em especial nas primeiras tentativas de amamentar, ou seja, logo após o parto. Sem a experiência da mamãe e do bebê nesse processo, muitas vezes os pequenos pegam errado o seio materno e ocorre atrito, gerando as fissuras. Sendo assim, a principal medida de prevenção contra as fissuras é a pega correta de amamentação.

Considero bastante importante conhecermos os sinais de uma pega correta ainda na gestação e, mas importante ainda, pedir ajuda a um profissional especializado ainda no hospital para as primeiras mamadas. Farei um post em breve mostrando esses sinais.

Outro momento que gera muitas fissuras é o de retirar os bebês das mamas, quando isso é necessário. Nunca retire o bebê bruscamente, puxando as mamas da boca dele, pois isso gera traumas e lesões. Sempre coloque o seu dedo indicador ou mínimo suavemente na boquinha do bebê, deixe entrar um pouquinho de ar e sair o vácuo e aí sim retire a mama.

Também é bastante importante trazer tranquilidade para o momento da mamada. A mamãe deve estar confortável, sentada de maneira aconchegante, com as costas e os braços apoiados, em um ambiente sossegado e com o mínimo de preocupações possível para o momento da mamada (às vezes muitas visitas por perto podem atrapalhar; não se sintam acanhadas em pedir licença e se direcionar para um local mais reservado para amamentar).

Por vezes, as mamas podem ficar muito cheias e duras com o excesso de leite, e isso também favorece a formação das fissuras. Sendo assim, se sentir as mamas nessas condições, realize uma suave massagem previamente ou retire, manualmente ou com bomba, o excesso de leite antes de iniciar a mamada.

Como já mencionei em outro post sobre cuidados com as mamas, quando já houver lesões, procure realizar banhos de sol nas mamas para facilitar a cicatrização e aplique pomadas locais, preferencialmente a base de lanolina (sempre com orientação do seu médico). Aplicar o próprio leite nas mamas, após as mamadas, também auxilia bastante na prevenção e no tratamento.

Por fim, sugiro também compressas com chá de camomila bem geladinho para aplicar sobre as mamas nos intervalos das mamadas. A camomila tem um efeito calmante muito bacana sobre a pele e pode trazer um alívio gostoso para as mamas já sensíveis.

Vale a pena frisar que, em casos de fissuras muito profundas ou outras lesões mamárias como vermelhidão local, aumento de temperatura, dor intensa e saída de secreção purulenta, é imperativo uma consulta médica para o adequado tratamento.

Muito bem meninas, como já disse esse assunto é amplo… acompanhem diariamente o Mamãe Plena que logo logo traremos mais novidades sobre isso. E não deixem de escrever suas dúvidas aqui em baixo.

Beijokas, Denise.

Veja também

Cuidado com as Mamas.

Novo vídeo: 4 Produtos para Cuidar das Mamas durante a Amamentação.

Olá meninas, tudo bem? Duas semanas atrás eu vim falar aqui com vocês sobre Sutiã ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *