Home / Família / Dúvidas de Consultório: Avaliação Pré Nupcial.

Dúvidas de Consultório: Avaliação Pré Nupcial.

Olá meninas, tudo bem?

Se vocês conversarem com as mulheres um pouco mais maduras, verão que era muito comum o casal de noivos realizar uma Avaliação Pré Nupcial previamente ao Matrimônio, em especial quando era mais comum iniciar a pratica sexual após a Cerimônia.

Avaliação Pré Nupcial.
Avaliação Pré Nupcial.

Hoje em dia os casais geralmente iniciam o relacionamento sexual antes de pensar em casamento, e muitas vezes moram juntos antes de oficializar a situação mas, nem por isso, a Avaliação Pré Nupcial perdeu a sua importância. Em especial pois, muitas vezes, o casamento envolve uma confiança maior e o planejamento dos filhos.

Sendo assim, aconselho sim que todo o casal passe em uma avaliação médica antes de oficializar o SIM. No caso das mulheres, essa avaliação é feita pelo Ginecologista. Os homens podem procurar um Clínico Geral ou um Urologista.

E o que envolve essa avaliação?

Bom, primeiramente uma avaliação geral do estado de saúde, o que serve para ambos os sexos. Exame clínico, exames de sangue, urina, fezes e até mesmo de imagem como ultrassom abdominal, raio X de tórax e eletrocardiografia podem ser realizados. A necessidade será avaliada pelo médico de acordo com cada pessoa.

Exames de Sorologias para descartar qualquer Doença Sexualmente Transmissível também são realizados, em especial para HIV, Sífilis, Hepatite B e C.

Para as mulheres que não são mais virgens, exame de Papanicolau e Colposcopia são importantes para avaliar risco de doenças pelo HPV. Ultrassom transvaginal pode ser solicitado para avaliar útero e ovários (nas mulheres virgens pode ser feito o Ultrassom Pélvico). No caso de mulheres mais maduras, exames de dosagem hormonal pode ser uma opção, a fim de avaliar possíveis dificuldades para engravidar.

Os homens que quiserem avaliar sua função reprodutiva podem realizar um exame de Espermograma e, em caso de suspeitas, podem investigar o HPV através da Peniscopia.

Avaliação especializada pelo Geneticista, que avalia riscos gestacionais do casal, geralmente não é indicada, salvo casos de consanguinidade (casais com parentesco familiar) ou com riscos familiares muito altos de malformações fetais.

Por fim, a consulta médica pode servir para planejamento de quando e se o casal terá filhos e, se for o caso, iniciar o uso de algum Método Contraceptivo.

Bom meninas, não se prendam a todos esses exames, o que pode parecer muito complicado! Esse post é para servir de inspiração para quem está planejando um casamento, e quer subir no altar com tudo bem planejadinho.

Beijokas, Denise.

Veja também

Especial de Dia das Mães: Mães Especiais.

Olá meninas, tudo bem? Hoje senti uma alegria e uma emoção tão grandes ao ver ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *