Home / Gestante / Fisioterapia Pélvica: Antes, Durante e Depois da Gestação.

Fisioterapia Pélvica: Antes, Durante e Depois da Gestação.

Olá meninas, tudo bem?

Quem acompanha o Mamãe Plena lá no YouTube também viu que nas últimas semanas tivemos uma série de 3 videos muito legais com a participação muito especial da Fisioterapeuta Pélvica e Professora de Pilates Daniela Nogueira. Juntamos as nossas experiências para falar um pouquinho sobre como cuidar da nossa pelve para uma vida mais saudável e para uma gestação mais bem vivida.

A pelve humana, tanto no homem quanto na mulher, é a região da bacia, da cintura. Além das estruturas ósseas que a compõe, é formada por músculos e ligamentos que dentre outras funções, garantem a sustentação de diversos órgãos como a bexiga, o reto e o útero (nas mulheres).

Assim como todos os demais músculos do nosso organismo, está susceptível a uma maior flacidez com o avançar da idade ou com situações de sobrecarga, como ocorre com o sobrepeso ou durante a gestação. Sem um adequado estímulo pode perder a sua capacidade de atuação, e com isso trazer problemas como até mesmo a perda urinária aos esforços.

A gestação é um momento da vida da mulher onde a pelve ganha especial destaque, tanto pelas modificações a que está exposta, quanto pelo processo do parto, que pode ser beneficiado e muito quando se ter uma preparação especial para isso.

Como toda a musculatura do nosso organismo, os músculos pélvicos podem se desenvolver com trabalho especifico, e uma maneira muito eficiente e prazerosa de se fazer isso é através do Pilates. Eu sou fã de carteirinha, fiz antes e durante a gestação e tive um resultado maravilhoso! E mais legal é que você pode manter esse tipo de atividade para a vida!!!

Bom, no primeiro vídeo que eu e Daniela gravamos falamos um pouquinho de como a atividade física e o Pilates podem ser interessantes para quem planeja engravidar. Além de trabalhar a nossa pelve, faz um trabalho fantástico de alongamento, fortalecimento, equilíbrio e respiração em todo o corpo.  É um trabalho individualizado, que visa as necessidade de cada pessoa. No vídeo a Dani nos ensina algumas formas de trabalhar o nosso corpo.

No segundo vídeo a gente fala com mais detalhes sobre a gestação em si, e apesar de muita gente ter receio de fazer atividade física na gestação, ela é super indicada e benéfica. Claro que a autorização para fazer a ginástica deve sempre vir do médico na consulta do Pré Natal, mas em poucas situações ela é contra indicada. A Dani também nos mostra alguns exercícios.

Nesse vídeo também mostramos uma maneira de ajudar a preparar o períneo para o momento do parto, em especial do Parto Vaginal. Isso pode ser feito nas últimas semanas de gestação através de um aparelho de balão de silicone acoplado a um insuflador pressórico que vai gradativamente sendo insuflado na vagina.

Por fim, no terceiro vídeo falamos um pouquinho sobre a recuperação do corpo e de toda a pelve após a gestação e o parto. Além de recuperar o físico, penso que esses momentos de quebra na rotina de uma mãe recente podem ser simplesmente perfeitos para ajudar nesse momento tão delicado das nossas vidas. E vale levar o bebê junto se não tiver onde deixá-lo!

 

Meninas, espero muuuito que gostem!! Foi feito com muito carinho para vocês!!!

Deixem dúvidas nos comentários que nós duas podemos responder.

Beijokas, Denise.

 

 

Veja também

Como se prevenir da Febre Amarela na Gestação, Lactação e nos Bebês.

O que fazer nos casos onde a Vacina contra Febre Amarela não é indicada. Desde ...

4 Comentários

  1. Olá Doutora! Acabei de conhecer seu blog e ja estou encantada! Parabens por tanto carinhi em nos ajudar e responder as leitoras. Sou gestante de 10 semanas e tive um pequeno sangramento quando estava de 7 semanas. Ano passado com 6 semanas tive um aborto espontâneo, e por isso a médica iniciou com o Utrogestan. Só que ainda tenho aquela borrinha escura todos os dias quando limpo o xixi e reparei que quando coloco o remédio também sempre dá. Ela disse ser normal do remédio. É normal?
    Outra pergunta ela me passou por hora o Iodara e o Endofolin. É suficiente no momento ?

    • Carla. Me desculpe por não lhe responder a tempo, acabei ficando um pouco atrapalhada aqui com as respostas. Mas deixo aqui para ajudar alguém com a mesma dúvida no futuro. Sim, esse sangramento escasso pode ocorrer nesses casos, e tb uso também o utrogestan com frequencia. Iodara e ácido fólico de início são boas medicações. Me conte como está a sua gestação.. Beijos

  2. Olá Dra Denise! Descobri seu blog há pouco e já me identifiquei. Estou grávida pela segunda vez. Na minha primeira gravidez tudo ocorreu de forma maravilhosa e eu tive um lindo parto normal. Estava já me preparando pra ter normal novamente porém ontem fui surpreendida na US morfológica de 2o trimestre que tenho inserção velamentosa do cordão umbilical, e meu mundo veio a baixo, já pesquisei na Internet e vi muita coisa ruim. E que o caminho mais indicado eh a cesarea, o que não me aflige, pois só quero que o meu filho nasca bem e saudável. Gostaria que vc me dissesse se na sua prática já teve pacientes com o mesmo problema e como se desenvolveu a gravidez. Não encontrei relatos na Internet. E estou muito apreensiva. Desde já, agradeço muito a atenção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *