Home / Comportamento / Reflexões de Final de Ano.

Reflexões de Final de Ano.

New Born Helena.
New Born Helena.

Olá meninas, tudo bem?

Último dia de 2015! MEU DEUS DO CÉU! Como o tempo voa! Bom, não tenho como não achar que esse ano passou muito rápido, né? Afinal, foi o primeiro ano de vida da minha bebê! E ela cresceu muito rápido… Acaba ficando aquela sensação de “Nossa, já?!”.

Não sei quanto a vocês, mas eu adoro essa época do ano. Sei que tem gente que fica meio deprê, com a sensação de que não fez tudo o que deveria ter feito no ano e agora não dará mais tempo… já eu sinto o oposto. Tenho aquele sentimento de “Ok, esse ano já era. Com seus sucessos e suas derrotas, acabou. Mas agora começa um ano novinho, e eu vou me encher de planos!”.

Sei lá, desde pequena gostei de dar uma finalizada no ano que acabou e começar o novo de coração e mente abertos, disposta a fazer o que não fiz, melhorar o que foi ruim, solidificar o que foi bom e sonhar muito!

Por muitos anos passei a virada do ano na praia, e a sensação do mar batendo no corpo me fazia sentir purificada! Nos últimos anos não pude fazer esse ritual, mas aprendi que aqui em casa mesmo posso me renovar. E também acho o máximo.

Mas, como disse no título desse post, a ideia aqui é fazer uma reflexão do que foi o meu ano. No post seguinte, vou contar para vocês sobre as minhas metas para o ano que vem. Vamos comigo?

  • Comecei o Ano super barriguda, com quase 40 semanas de Gestação, só na expectativa do Nascimento da Helena.
  • Senti na pele o que é um Parto e pude entender melhor o que é a minha profissão. Me apaixonei mais ainda por isso tudo.
  • Compreendi o que todas as mães dizem, que ser mãe é vivenciar o maior amor do mundo, e que esse amor consegue aumentar a cada dia.
  • Vivi o maior dilema da minha vida: Carreira x Família. Como conciliar?
  • Senti a necessidade de fazer algo diferente por mim, pela minha família, pela minha profissão e criei o “Mamãe Plena”.
  • Consegui encontrar o equilíbrio no meu coração.
  • Paralelamente a tudo, pude conviver bem intimamente com minhas recém chegadas sobrinhas, Olívia e Estela, e descobri que quanto mais a gente ama, mais amor a gente é capaz de sentir.
  • Tive que reaprender o meu casamento, e vi surgir um Pai maravilhoso no meu companheiro.
  • Não consegui cuidar de mim tanto quanto eu acho que deveria, mas passei a valorizar ainda mais cada momento que paro e penso: “Agora sou eu”.
  • Aprendi a me amar mesmo com as mudanças no meu corpo.
  • Reforcei os laços com minha família amada, em especial minha mãe, meu pai e meus irmãos.
  • Vi minhas amigas menos do que gostaria, e senti muita falta.
  • Nunca Li tão pouco na minha vida… e espero que isso não volte a acontecer.
  • Em compensação, passei a conviver com um mundo totalmente estranho para mim, o mundo dos Blogs e Vídeos. Aprendi muito desse novo universo e nessa minha jornada de aprendizagem conheci pessoas incríveis.
  • Após 6 meses da minha vida com Helena, mais um presente de Deus: meu segundinho a caminho.
  • Percebi que realmente cada gestação é única.
  • Acabei o Ano de novo barriguda, com muitas providências a tomar, mas com muitos sonhos na cabeça e novamente muito amor no coração!

2015 sem sombra de dúvida foi o Ano mais ESPECIAL da minha vida! Eu só tenho muito que agradecer todas as coisas maravilhosas que tive nesse ano!

E agora espero 2016, com a esperança que ele seja ainda melhor!!!

Feliz Ano Novo Meninas!!!

Beijokas, Denise.

Veja também

Especial do Dia das Mães no Pinterest.

Olá meninas, tudo bem? O Dia das Mães está chegando, e sei que apesar da ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *