Home / Gestante / Suplementação de Ácido Fólico para Gestantes e Tentantes.

Suplementação de Ácido Fólico para Gestantes e Tentantes.

Olá meninas, tudo bem?

Hoje vim falar um pouco mais detalhadamente sobre o Ácido Fólico, vitamina queridinha das gestantes e dos obstetras. Já falei um pouco aqui sobre ela no post das vitaminas que tomei na minha gestação, e algumas dúvidas surgiram, o que me motivaram a escrever mais sobre o assunto.

Ácido Fólico na Gestação.
Ácido Fólico na Gestação.

Infelizmente o que mais chama a atenção é que, apesar de ser uma medicação de fácil acesso, de baixos efeitos colaterais e de altíssimos benefícios comprovados, o uso do Ácido Fólico para prevenção de doenças fetais ainda está longe de ser considerado adequado no nosso país. Pesquisas mostram que até 90% nas gestantes no Brasil não fazem uso da suplementação de Ácido Fólico previamente a gestação e nas primeiras semanas gestacionais, muito por não planejarem adequadamente a gestação ou por não julgarem necessário o acompanhamento médico pré gestacional. Muitas vezes até iniciam o uso da vitamina após diagnóstico da gestação, mas aí já se passou um período fundamental, pois são justamente nas semanas iniciais da gestação que se tem maior necessidade da suplementação.

O Ácido Fólico é uma das Vitaminas do Complexo B (B9), facilmente encontrada em alimentos do grupo das hortaliças verdes escuras, tais como couve, brócolis e espinafre. No entanto, a preparação dos alimentos para a nossa refeição pode fazer com que algumas propriedades sejam perdidas dessa vitamina, e considera-se que a mulher na idade adulta não tenha a concentração sanguínea suficiente para si e para proporcionar um desenvolvimento adequado de um filho. Por isso se faz necessária a complementação.

Essa vitamina é responsável pelo processo de multiplicação das células e encontra-se presente na formação de proteínas estruturais e da hemoglobina (célula do sangue). Nos fetos já foi provado que a carência dessa vitamina pode levar a problemas de fechamento do Tubo Neural, que dará origem ao Cérebro e à Medula Óssea. Com isso, doenças como ausência parcial ou total do cérebro (chamada de Anencefalia), exposição da medula óssea (espinha bífida) e outras má formações (como a fissura lábio-palatina) podem ocorrer.

Outras doenças podem ser prevenidas nas crianças com a suplementação materna de Ácido Fólico, como doenças Cardíacas, no Trato Genito-Urinário e, como publicou recentemente a revista científica JAMA Pediatrics, a Obesidade Infantil (leia aqui um post mais detalhado sobre esse mal). Ah, e também está provado que a mulher pode se beneficiar dessa suplementação, com menores riscos de doenças cardíacas, de alguns tipos de câncer e anemia.

De acordo com a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO), a suplementação materna correta de Ácido Fólico iniciando ao mínimo 1 mês antes da concepção e mantida por todo o Primeiro Trimestre Gestacional, pode reduzir em até 70 a 80% os riscos das Mal Formações Fetais citadas acima. Gente, é muita coisaaaa!!!!

Ainda de acordo com a FEBRASGO, a dose recomendada de suplementação é de 400 microgramas ao dia, durante o período mencionado. Ah, vale lembrar que para quem está tentando engravidar, e fique alguns meses nesse processo, a recomendação é usar o suplemento continuamente durante todos os meses de tentativa de engravidar – não vale tomar 3 meses e parar, achando que a vitamina ficará “guardada” no organismo até a gestação.

Aqui vale uma ressalva. Infelizmente a maioria das formulações de Ácido Fólico disponíveis no mercado, e também no Sistema Único de Saúde, contém uma dosagem bem maior da vitamina. Mas já é possível encontrar opções com a dosagem correta, e acredito que como os padrões mudaram recentemente, novas opções devam surgir brevemente. De qualquer maneira, a carência do Ácido Fólico ainda é mais prejudicial que tudo.

Bom, então o maior conselho de amiga que posso te dar: faça o Planejamento Familiar corretamente. Evite engravidar no susto. Consulte seu médico alguns meses antes de suspender seu método contraceptivo e manifeste a ele seu desejo de engravidar. Se cuide antes e durante a gestação. Todos agradecemos!!!

Beijokas, Denise.

 

Veja também

Como se prevenir da Febre Amarela na Gestação, Lactação e nos Bebês.

O que fazer nos casos onde a Vacina contra Febre Amarela não é indicada. Desde ...

12 Comentários

  1. Que matéria excelente!

  2. Dra a dosagem do polivitaminico Materna é suficiente para o primeiro trimestre?

  3. Bom dia, Dra!
    Tenho 39 anos e grávida do primeiro filho. Estou de 14 semanas e quando fui a emergência obstétrica, a médica me deu ácido fólico de 5mg mais o materna, eu sendo leiga no assunto, afinal primeira gravidez tomei por 9 semanas. Aí fui atrás da Médica que seria minha obstetra e contei o caso pois já havia lido algo sobre na internet que excesso de ácido fólico aumenta as chances em até 3 vezes de causar autismo em bebês. A Médica pediu o exame de sangue pois achou a dose alta e quando tirei m e assustei. Estou com uma quantidade superior a 24ng/ml.
    Marquei retorno urgente para ver o que fazer para diminuir esta dose. Após isto não durmo pensando no que pode acontecer a meu filho.
    Por favor me oriente. Como faço para eliminar esta dose a mais? Ela será eliminada naturalmente pelo organismo? Parei com tudo só tomo vitamina D pois está muito baixa. Estou Sem materna que tomava pois a mesma contém ácido fólico.

    • Ana Paula, se acalme. O ácido fólico de 5 mg é bastante usado e é melhor tomar esse do que nenhum. Os risco da falta são piores do que o do excesso. Existem estudos mostrando esse risco de autismo, mas ainda é um risco baio e precisa ser melhor estudado. Fique tranquila. Abraços

  4. Dr.a eu tomo o acido folico a 25dias,soh encontrei o de 5mg ,umas pessoas disseram qie se toma todo dia durante 3 meses e leva 1 mes de pausa e retorna a tomar..
    Mais hoje algumas meninas disseram qie o recomendado a tomar o 5mg eh 1x na semana.
    me ajude a tirar essa duvida ,ate porque eu fiquei preocuoada pois a 25 dias tenho tomado seem parar..

    • Roberta, não se preocupe. A indicação é de uso diário realmente, mas como menciono no texto, o ideal é uma dose menor, de 400 mcg. Creio que você deve conseguir facilmente em farmácias on line. Já tentou? Abraços

  5. Tomo ácido folico ainda. Tenho 19 semanas de gestação. Minha medica mandou continuar tomando
    É normal?

  6. Dra
    Estou de 7 semanas e meu go passou dtn FOL 400 mcg
    Mas na primeira gravidez eu tomei natele

    Eh melhor tomar natele q já tem.acido fólico e outras vitaminas ou só o dtn FOL?

    E o ogestan plus ele TB tem acido só q em me or quantidade ….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *