Home / Gestante / Dra, como será o meu Parto?

Dra, como será o meu Parto?

Com grande frequência eu recebo a seguinte pergunta das minhas pacientes durante o acompanhamento de Pré Natal: “Dra, como será o meu parto?”, ou versões semelhantes dela como: “Quando saberei se terei parto normal ou cesárea?”, “Será que terei passagem para o parto?”, “Preciso agendar com antecedência o meu parto?”, e por aí vai. Diria que do segundo para o terceiro trimestre da gestação, quando a barriga está pesando e as mulheres já estão lavando as roupas dos bebês, essas dúvidas começam a aparecer.

Acho fundamental que toda gestante questione muito a equipe que a acompanha sobre o parto, além de recomendar que busquem todas as informações possíveis, visitando o hospital, lendo a respeito, conversando com pessoas de confiança. Estar preparada para o parto é parte essencial desse processo, e isso inclui, com certeza, o parceiro e a família.

No entanto, a resposta que normalmente eu dou para essa dúvida das minhas pacientes é: para ter certeza de como será o seu parto, você terá que vivencia-lo! Sim, cada parto é único, cada momento é único, e mesmo com todas as preparações prévias, não podemos prever tudo.

Nossa, tenho histórias infinitas para contar… desde mulheres que temiam o trabalho de parto profundamente e tiveram partos normais muito mais suaves do que poderiam imaginar, até mulheres extremamente preparadas para o parto normal que frente a uma intercorrência, tiveram que ser submetidas a parto cesárea. Aliás, já fiz em uma mesma paciente um parto normal e uma cesárea na sequencia! Histórias de obstetras são muito interessantes!!!!

Então, acredito que parte importante de se preparar para o parto é justamente estar preparada também para adaptações no meio do caminho.

A recomendação primária para praticamente todas as gestantes é: se prepare para um parto normal. Prepare seu corpo, sua mente, seu coração. Na imensa maioria das vezes, em especial em mulheres que tem gestações tranquilas, de baixo risco, o parto normal é de longe o mais recomendado. Não vou discorrer aqui sobre os benefícios dele, pois não é o intuito deste post, mas se quiserem podemos falar muito mais sobre isso. Aliás, já falei um pouco aqui mesmo sobre parto normal nos post: dicas valiosas para parto normal, mitos e verdades sobre parto normal, o que mais atrapalha no parto , o meu parto e meu segundo parto.

Em alguns momentos a gestante entra em trabalho de parto, e este não progride a contento, seja por uma sofrimento fetal, uma desproporção entre mãe e feto… enfim, situações que não podemos prever e só diagnosticamos durante o trabalho de parto. Nesses casos a cesárea pode ser indicada.

E em poucas, bem poucas situações, a cesárea pode ser indicada previamente, ao que chamamos de cesárea eletiva. Já fiz aqui também um post enumerando as principais indicações desse tipo de parto, acho que vale a pena conferir.

Em suma, a minha principal recomendação é: estude sobre parto e se prepare para situações variadas. Se prepare para um parto normal, mas esteja  também ciente de que nem tudo pode ser como planejado, e que o objetivo número 1 é manter ambos, mamãe e bebê, muito saudáveis.

Por fim, convido a todos a assistir o vídeo dessa semana no canal Mamãe Plena, onde falo um pouco mais desse assunto.

Beijokas, Denise.

Veja também

Fisioterapia Pélvica: Antes, Durante e Depois da Gestação.

Olá meninas, tudo bem? Quem acompanha o Mamãe Plena lá no YouTube também viu que ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *